A disputa pela voz: conflito e negociação de sentidos na construção de uma telenarrativa jornalística

Emerson Charlley da Fonseca Fraga, Luiz Gonzaga Motta

Resumo


A correlação de forças entre fontes, jornalistas e telejornal na cobertura de um conflito político. Resultados indicam que fontes, jornalistas e veículos são atores engajados em uma velada disputa pela voz, uma relação de dependência e cooperação. Indicam também o valor do cânon narrativo: o conflito dramático é o frame estruturador que tece a trama, e funciona como um marco cognitivo para organizar o difuso mundo político.

Palavras-chave


fontes; disputas pela voz; negociação de sentidos; cânon narrativo; conflito dramático

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Os artigos publicados nesta revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.