TV Local e Comunidade: a experiência inovadora do Canal NET Cidade de Santo André

Carlos Alberto Kerr Rodrigues, Priscila Ferreira Perazzo

Resumo


O artigo tem por objetivo identificar a relevância do Programa Voluntariado do Canal NET Cidade para a comunidade da região do Grande ABC, de forma a compreendê-lo como um ato de inovação na produção de programas televisivos. Parte da conceituação do termo comunidade, com destaque para a participação de pessoas comuns na elaboração de pautas televisivas. Metodologia de entrevistas abertas com voluntários desse Programa. Conclui que esse modelo de emissora de televisão apresenta características inovadoras para a comunidade e mídia local.


Palavras-chave


comunicação; inovação; comunidade; televisão

Texto completo:

PDF

Referências


BAUMAN, Z. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

BAZI, R. E. R. TV regional: trajetória e perspectivas. Campinas, SP: Alínea, 2001.

BRASIL. Lei n.º 12.485, de 12 de setembro de 2001. Dispõe sobre o serviço voluntário e dá outras providências. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12485.htm>. Acesso em: 25 out. 2016.

CANCLINI, N. G. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ, 2005.

CAPRINO, M. P.; GOULART, E.; ROSSETTI, R. Comunicação e sociedade: faces e interfaces inovadoras. In: CAPRINO, M. P. (Org.). Comunicação e Inovação. São Paulo: Paulus, 2008. p. 83-110.

COPATTI, L. C. A efetivação da cidadania através da participação no poder local. Revista Perspectiva, Erechim, v. 34, n. 126, p. 85-100, jun. 2010. Disponível em: . Acesso em: 6 maio 2016.

DELIBERADOR, L. M. Y.; VIEIRA, A. C. R. Comunicação e educação para a cidadania em uma Cooperativa de Assentamento do MST. Trabalho apresentado ao NP Comunicação para a Cidadania XXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, promovido pela INTERCOM e realizado na Universidade Estadual do Rio de Janeiro, de 5 a 9 de setembro de 2005.

DUARTE, L. G. É pagar para ver: a TV por assinatura. São Paulo: Summus Editorial, 1996.

MALERBA; J. P. A comunicação comunitária no limite: o caso da rádio de queimados. In: PAIVA, R.; SANTOS, C. H. R. (Orgs.). Comunidade e contra-hegemonia: rotas de comunicação alternativa. Rio de Janeiro: Mauad X: FAPERJ, 2008. p. 151-166.

MARTINEZ, M. Heróis e heroínas: a saga das narrativas em tempos digitais. In: PESSONI, A.; PERAZZO, P. F. Neorreceptor no fluxo da comunicação. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013.

p. 89-105.

MARTÍN-BARBERO, J. Dos meios às medições. Comunicação, cultura e hegemonia. 2. ed. Rio de Janeiro: UFRJ, 2003.

ORTIZ, R. Um outro território. In: BOLÃNO, C. R. S. (Org.). Globalização e regionalização das comunicações. São Paulo: Educ/Editora da UFS/ Intercom, 1999. p. 29-72.

PALÁCIOS, M. O medo do vazio: comunicação, socialidade e novas tribos. In: RUBIM, A.A. (Org.). Idade mídia. Salvador: UFBA, 2001.

PERUZZO, C. M. K. Comunidade em tempos de redes. In: PERUZZO, C. M. K.; COGO, Denise; KAPLUN, Gabriel. Comunicación y movimentos populares: ¿Quais redes. Porto Alegre: Editora Unisinos, 2002. p. 275-298.

_________. Mídia local e suas interfaces com a mídia comunitária. Anuário Internacional de Comunicação Lusófona, Bauru-SP, v. 4, n.1/2, p. 73-110, 2006.

PERUZZO, C. M. K.; VOLPATO, Marcelo. Conceitos de comunidade, local e região: inter-relações e diferença. Revista Líbero. São Paulo, v.12, n.24, dez. 2009, pp. 139-152.

PESSONI, A.; PERAZZO, P. F. Neorreceptor no fluxo da comunicação. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013.

SANTI, V.J. C.; RONSINI, V. V. M. Um protocolo analítico para os estudos de comunicação: mediações na Pedagogia crítica da mídia. Revista Líbero. São Paulo, v. 11, n. 21, p. 99-110, jun. 2008.

THOMPSON, J. B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis: Vozes, 1998.

TÖNNIES, F. Comunidade e sociedade como entidades típico-ideiais. In: FERNANDES, F. (Org.). Comunidade e sociedade: leituras sobre problemas conceituais, metodológicos e de aplicação. São Paulo: Editora USP, 1995. p. 231-342.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Os artigos publicados nesta revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.