A representação iconográfica da cidadania na história política do Brasil no final do século XX

Rozinaldo Antonio Miani

Resumo


Desde o início da década de 1990 a história política brasileira vem sendo marcada pelo discurso da cidadania. Trata-se, porém, de uma
cidadania precária e intrínseca à ordem do capital e que expressa os processos de disputa de hegemonias no seio da sociedade brasileira. O
humor gráfico, especialmente a charge, retratou as contradições e ambiguidades derivadas do referido discurso da cidadania. Neste artigo,
selecionamos algumas charges com o objetivo de analisar criticamente a construção ideológica em torno de determinados temas que pautaram
as lutas por cidadania no Brasil durante a década de 1990.


Palavras-chave


Cidadania, charge, história política brasileira, década de 1990.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, C. D.; GUINDANI, J. F.: MORIGI, V. J. A prática de cidadania comunicativa na experiência de rádio comunitária, 2010. Disponível em: < http://compos.com.puc-rio.br/media/ gt4_cristovao_domingos_de_almeida_joel_felipe_guindani_valdir_jose_morigi.pdf>. Acesso em: 14 jun. 2017.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. 8.ed. São Paulo, Hucitec, 1997.

BOITO JR., A. Política neoliberal e sindicalismo no Brasil. São Paulo: Xamã Editora, 1999.

CARVALHO, J. M. Cidadania no Brasil: o longo caminho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

CHESNAIS, F. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996.

DREIFUSS, R. O jogo da direita. 2.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1989.

FERNANDES, F. Nova República?. 3.ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1986.

FUKUYAMA, F. O fim da história e o último homem. Rio de Janeiro: Rocco, 1992.

MARQUES, A. Política da imagem, subjetivação e cenas de dissenso. Discursos Fotográficos, Londrina, PR, v.10, n.17, p.61-86, jul./dez. 2014

MATA, M. C. Comunicación y ciudadanía: problemas teórico-políticos de su articulación. Revista Fronteiras - estudos midiáticos. São Leopoldo, RS, v.VIII, n.1, p.5-15, jan./abr. 2006.

MIANI, R. A. As transformações no mundo do trabalho na década de 1990: o olhar atento da charge na imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista. Assis: Unesp/Campus Assis, 2005. Tese (Doutorado em História) Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Universidade Estadual Paulista, Assis, 2005.

POCHMANN, M. Ciclos do valor do salário mínimo e seus efeitos redistributivos no Brasil. In; BALTAR, P.; DEDECCA, C.; KREIN, J. D. Salário mínimo e desenvolvimento. Campinas, SP: Unicamp. IE, 2005, pp. 137-146.

RAMOS, P. H. V. Rancière: a política das imagens. Princípios - revista de Filosofia, Natal, RN, v.19, n.32, p.95-107, jul./dez. 2012.

SAES, D. A. M. Cidadania e capitalismo: uma crítica à concepção liberal de cidadania. Revista Crítica Marxista, n.16, São Paulo: Boitempo Editorial, 2003, p. 9-38.

SANTOS, M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2000.

TONET, I. Cidadão ou homem livre? Disponível em: . Acesso em: 13 fev. 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Os artigos publicados nesta revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.