As máquinas não param: o jornalismo em rede na era da convergência de redações

Adriana Barsotti

Resumo


É por links compartilhados nas redes sociais e mecanismos de busca que a maioria da população se informa. Hábitos de leitura contemporâneos impõem mudanças nas rotinas produtivas dos jornalistas. O propósito do artigo é investigar as transformações em duas redações: O Globo e O Estado de S.Paulo. Por meio da observação participante e de entrevistas em profundidade, o objetivo foi notar rupturas e descontinuidades nas práticas jornalísticas. Entre as rupturas, nota-se o fluxo contínuo de produção, cada vez mais orientado para as redes sociais, a flexibilização da atualidade e a criação do valor-notícia propagabilidade.

Palavras-chave


Jornalismo em rede; convergência; redes sociais; atualidade; propagabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, C.W. Blowing up the newsroom: etnography in the age of distributed journalism. In: DOMINGO, D. e PATHERSON, C. (orgs.). Making online news volume 2: newsroom ethnographies in the second decade of internet journalism. New York: Peter Lang, 2011.

BARDOEL, J.; DEUZE, M. Network Journalism: Converging Competencies of Old and New Media Professionals. Australian Journalism Review, vol. 23, n. 3, 2001. Disponível em . Acesso em 12 out. de 2016.

BARBOSA, M. História da Comunicação no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2013.

BARBOSA, S. Jornalismo Digital em Base de Dados (JDBD). Um paradigma para produtos digitais dinâmicos. Tese (Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporânea), Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2007.

______. Modelo Jornalismo Digital em Base de Dados (JDBD) em Interação com a Convergência Jornalística. In: Textual & Visual Media. Revista de la Sociedad Española de Periodística, Madri, v.1., p. 87-106, 2008. Disponível em . Acesso em 12 dez. 2016.

______. Modelo JDBD e o ciberjornalismo de quarta geração. In: FLORES VIVAR, J.M.; RAMÍREZ, F.E. (Eds.). Periodismo Web 2.0. Madrid: Editorial Fragua, 2009, p.271-283. Disponível em . Acesso em 20 jan. 2017.

BARSOTTI, A; AGUIAR, L. A invisibilidade da home page e as mudanças nos modos de leitura das notícias. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO (Compós), 26.; GT ESTUDOS DE JORNALISMO, 2017, São Paulo. Anais...São Paulo: Compós, 2017.

CASTELLS, M. A Sociedade em rede – A Era da Informação: economia, sociedade e cultura. Vol.1. São Paulo: Paz e Terra, 2009.

FOUCAULT, M. Arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2015.

FRANCISCATO, Carlos Eduardo. A atualidade no jornalismo. Trabalho apresentado ao GT Estudos de Jornalismo, no IX Encontro da Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós), Porto Alegre, 2000.

GANS, H. J. Deciding what’s news: a study of CBS Evening News, NBC Nightly News, Newsweek and Time. New York: Pantheon Books, 1979.

GROHMANN, R. N. O trabalho do jornalista a partir dos processos comunicacionais e produtivos: dimensões teóricas em cenário de flexibilização e tensionamentos identitários. Estudos em Jornalismo e Mídia, v. 13, n. 1, p. 6-18, jan.-jun. 2016. Disponível em . Acesso em 23 mar 2016.

HEINRICH, A. Network Journalism. Londres: Routledge, 2011.

JENKINS, H; GREEN, J.; FORD, S. Cultura da Conexão: criando valor e significado por meio da mídia propagável. São Paulo: Aleph, 2014.

MCADAMS, M.: Inventing Online newspaper. Interpessoal Computing and Technology: an eletronic journal for the 21st century. Washington, v.3, n.3 p.1-11, 1995. Disponível em . Acesso em 15 fev. 2017.

MORETZSOHN, S. D. “O ‘novo ritmo da redação’ de O Globo: A prioridade ao jornalismo digital e seus reflexos nas condições de trabalho e produção da notícia”. Em: Parágrafo: Revista Científica de Comunicação Social da FIAM-FAAM. São Paulo: FIAM-FAAM, n. 2, vol. 2, agosto/dezembro de 2014. Disponível em: . Acesso em 23 mar 2018.

PARK, R.E. A notícia como forma de conhecimento. In: STEINBERG, C.S. (org.). Meios de comunicação de massa. São Paulo: Cultrix, 1972, p.168-184.

SALAVERRIA, R; GARCÍA AVILÉS. J.A.; MASIP P.M. Concepto de Convergencia Periodística. In: LÓPEZ GARCÍA, X.; PEREIRA FARIÑA, X. Convergencia Digital. Reconfiguração de los Medios de Comunicación en España. Santiago de Compostela: Universidade de Santiago de Compostela, 2010. p. 41-64.

SARDÁ, T. et al. A buzzfeedização do jornalismo: 5 coisas que você precisa saber sobre o caso Zero Hora. Lumina, Juiz de Fora, v. 9, n. 2, 2015. Disponível em . Acesso em 2 out. 2016.

TUCHMAN, G. Making News: a study in the construction of reality. New York: Free Press, 1978.

WOLF, M. Teorias da comunicação. Lisboa: Presença, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Os artigos publicados nesta revista estão licenciados com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.