Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista LÍBERO?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

1. LÍBERO aceita textos inéditos, de autoria individual ou coletiva, assinados por doutores e/ou doutorandos. Mestres e autores em outros níveis de formação só podem submeter originais em coautoria com pelo menos um doutor.

2. São aceitos textos redigidos em português e em espanhol.

3. As submissões são inicialmente avaliadas pela Comissão Editorial, que verifica sua aderência ao foco e ao escopo da revista, a natureza de sua autoria e a adequação às normas aqui estabelecidas. Os artigos passam, em seguida, pela avaliação de dois pareceristas. Havendo necessidade, um terceiro parecerista é acionado. No caso de aprovação com ressalvas, o texto é encaminhado ao autor para as devidas correções.

4. Os originais devem ser enviados submetidos à LÍBERO por meio do sistema OJS.

5. Os textos devem ser submetidos em formato .docx, fonte Times New Roman, corpo 12, espaçamento 1,5. Caso o material seja acompanhado de imagens, estas devem ser gravadas em formato JPEG, com resolução mínima de 300 dpi.

6. Os arquivos não devem conter autoria, informações curriculares e filiação institucional. Essas informações devem ser inseridas no próprio sistema, durante o processo de submissão.

7. A extensão dos artigos deve ser de 30.000 a 50.000 caracteres, com espaços.

8. Os artigos devem ser acompanhados de título, resumo e cinco palavras-chave em português, inglês e espanhol. O resumo – contendo tema, objetivos, metodologia e principal(is) conclusão(ões) – deve ter de 900 a 1.000 caracteres, com espaços.

9. As resenhas devem possuir título próprio, diferente do nome do livro resenhado, o qual deverá ser referenciado, conforme o padrão ABNT, antes do texto. A extensão é de 6.000 a 6.500 caracteres, com espaço. A submissão da resenha deve ser acompanhada de uma imagem da capa da obra discutida, em formato JPEG, com resolução mínima de 300 dpi.

10. As entrevistas devem conter título, texto introdutório situando o entrevistado e o tema abordado e transcrição do diálogo na forma de perguntas e respostas. Não há tamanho estabelecido previamente.

11. Citações e referências devem seguir o padrão ABNT vigente.

12. Citações diretas inferiores a 3 linhas devem ser digitadas entre aspas duplas, no corpo do próprio texto. Em caso ordinário, ao final do trecho citado, devem ser indicados, entre parênteses, o sobrenome do autor, com letras maiúsculas, ano e página da publicação, no seguinte formato: (HABERMAS, 2000, p. 45). Acima de 3 linhas, as citações devem aparecer em recuo de 4cm, em espaço simples, corpo 11 e sem aspas. No final da citação, devem ser indicados, entre parênteses, o sobrenome do autor, data e número de página, como no caso anterior. O ponto final deve vir depois dos parênteses, nunca antes. Exemplo: (MARTÍN-BARBERO, 2004, p. 143-144). As obras citadas deverão aparecer nas referências, ao final do texto.

13. Quando um autor aparecer em citações com duas obras diferentes, ambas editadas no mesmo ano, deve ser feita a diferenciação utilizando-se letras acrescentadas ao ano de publicação. O mesmo deve ser feito nas referências. Exemplo: 2014a e 2014b.

14. As notas de rodapé devem ser digitadas em corpo 10 e conter apenas comentários necessários ao desenvolvimento do texto, informações adicionais ou explicações.

15. As referências deverão ser listadas no final dos artigos, em ordem alfabética. Quando o documento for assinado por até 3 autores, todos devem ser citados. Se houver mais de 3 autores, deve-se indicar o primeiro seguido de et al. Alguns exemplos:

a) Livros

ADORNO, Theodor W.; HORKHEIMER, Max. Dialética do esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.

DIDI-HUBERMAN, Georges. L’image ouverte: motifs de l’incarnation dans les arts visuels. Paris: Gallimard, 2007.

GARRELL, Antoni; GUILERA, Llorenç. La industria 4.0 en la sociedad digital. Barcelona: Marge Books, 2019.

b) Capítulos de livros

DEBORD, Guy. Relatório sobre a construção de situações e sobre as condições de organização e de ação da tendência situacionista internacional. In: JACQUES, Paola Berenstein (Org.). Apologia da deriva: escritos situacionistas sobre a cidade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003. p. 43-59.

HALL, Stuart. The formation of a diasporic intellectual: an interview with Stuart Hall by Kuan-Hsing Chen. In: MORLEY, David; CHEN, Kuan-Hsing (Eds.). Stuart Hall: critical dialogues in Cultural Studies. London, New York: Routledge, 1996. p. 484-503.

SANTAELLA, Lucia. O homem e as máquinas. In: DOMINGUES, Diana (Org.). A arte no século XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: Unesp, 1997. p. 33-51.

c) Artigos publicados em periódicos

BUTLER, Judith. Regulações de gênero. Cadernos Pagu, Campinas, n. 42, p. 249-274, jan./jun. 2014,

NÖTH, Winfried. Comunicação: os paradigmas da simetria, antissimetria e assimetria. MATRIZes, São Paulo, ano 5, n. 1, p. 85-107, jul./dez. 2011.

UEXKÜLL, Thure von. A teoria da Umwelt de Jacob von Uextküll. Galáxia, São Paulo, v. 7, p. 19-48, abr. 2004.

d) Textos publicados em sites

CONSELHO Superior de Cinema amplia espaço para streaming e games. O Globo, Rio de Janeiro, 5 dez. 2018. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/cultura/filmes/conselho-superior-de-cinema-amplia-espaco-para-streaminggames-23282347>. Acesso em: 11 jul. 2019.

IDOETA, Paula Adamo. Mulheres são maioria nas universidades brasileiras, mas têm mais dificuldades em encontrar emprego. BBC News Brasil, São Paulo, 10 set. 2019. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/geral-49639664>. Acesso em: 15 dez. 2019.

LIMA, Venício A. de. Artur da Távola (1936-2008): um lutador pela comunicação democrática. Observatório da Imprensa, São Paulo, 13 maio 2008. Disponível em: <http://observatoriodaimprensa.com.br/um_lutador_pela_comunicacao_democratica/>. Acesso em: 13 abr. 2018.

e) Trabalhos publicados em anais de eventos

CARREIRA, Krishma. Um panorama das notícias automatizadas no mundo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM JORNALISMO, 15., 2017, São Paulo. Anais... Brasília: SBPJor, 2017.

MARQUES, Ângela Cristina S. Da esfera cultural à esfera política: a representação da homossexualidade nas telenovelas e a busca por reconhecimento. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 25., 2002, Salvador. Anais... São Paulo: Intercom, 2002.

PUCCI JUNIOR, Renato Luiz. Inovações estilísticas na telenovela: a situação em Avenida Brasil. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 22., 2013, Salvador. Anais... Brasília: Compós, 2013.

16. Figuras (fotografias, desenhos, esquemas, fluxogramas, mapas, organogramas, etc.) inseridas nos textos devem ser identificadas da seguinte maneira: na parte superior, deve constar a palavra Figura, seguida de seu número de ordem, em algarismos arábicos, e título; na parte inferior, deve ser indicada a fonte e, eventualmente, outra informação necessária.

17. Gráficos, tabelas e quadros devem ser igualmente identificados. Na parte superior, a palavra correspondente deve ser seguida de enumeração, em algarismos arábicos, e título; na parte inferior, caso necessário, deve ser indicada a fonte e, eventualmente, outra informação necessária.

18. Textos aprovados para publicação que não estejam rigorosamente de acordo com os padrões aqui definidos serão devolvidos aos seus autores para a necessária adequação às normas. O mesmo deve ser dito em relação a textos que demandem uma revisão gramatical mais cuidadosa.

19. O teor dos textos é de responsabilidade integral dos autores, que mantêm os direitos de cópia e de publicação dos materiais. Os textos submetidos são considerados colaborações não remuneradas, uma vez que a revista tem caráter de difusão científica, não comercial.

20. Os artigos publicados na LÍBERO têm sua reprodução licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional (CC BY NC SA 4.0). Desse modo, leitores têm o direito de compartilhar e adaptar o material, desde que deem o crédito apropriado aos autores e à revista.

21. LÍBERO se reserva o direito de introduzir modificações necessárias quanto a correção gramatical, diagramação dos originais e adaptações ao seu projeto visual.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato docx.
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto está em espaço 1,5; usa fonte Times New Roman de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista são usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.